Procon lista sites perigosos para os consumidores

É preciso ficar atento em dados como CNPJ da empresa e canais de contato

Por: Band.com.br

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) atualizou a lista de sites considerados de risco para o consumidor e, segundo o levantamento, o número de comerciantes fraudulentos nas redes diminuiu.

De acordo com a assessora técnica Fatima Lemos, a lista – que começou a ser divulgada em 2011 – conta com pelo menos 508 endereços, mas tem crescido cada vez menos.

A maior parte das reclamações está ligada a falta de entrega do produto. Segundo a fundação, muitas vezes as empresas não são localizadas nem mesmo no banco de dados da Receita Federal ou Registro BR, por exemplo, responsável pelo registro do domínio dos sites brasileiros.

Com isso, é impossível fazer com que o consumidor receba a mercadoria adquirida e a solução indicada pelo Procon é o cancelamento da compra pela operadora do cartão de crédito, em caso de transações desse tipo.

Fatima reforma a importância de verificar informações sobre a loja, como CNPJ e canais de contato. Além disso, é preciso estar atento para ofertas com preço muito abaixo do mercado.

Para conferir a lista completa dos sites, clique abaixo:

http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php