Programas de lealdade no varejo aumentam a fidelização do cliente

O dinheiro investido em um cliente fidelizado sempre será mais rentável que o dinheiro investido em um novo cliente

Com a quantidade de dados que sistemas são capazes de gerar hoje, gestores do setor de varejo ainda precisam descobrir o que está por trás dessa quantidade massiva de operações. No Brasil, esse cenário é mais desafiador, porque grandes redes varejistas cresceram rapidamente e, muitas vezes, sem integrar plataformas, ou capturar dados de maneira mais adequada.

Uma das alternativas que têm despontado é a utilização de programas de lealdade, que combinam diversas tecnologias em uma plataforma de gestão do cliente, que permite integrar ofertas com engajamento, gamificação e socialização.

E por que a lealdade é importante no varejo? Veja alguns pontos importantes:

É possível aumentar a recorrência de vendas. Um consumidor bem engajado com uma marca vai gastar entre 50% e 70% do seu orçamento mensal com um único estabelecimento. Se o varejista direcionar seus esforços para aproximar mais ainda esse consumidor, ao invés de tentar adquirir novos consumidores, esta equação será positiva – especialmente também se tiver uma boa plataforma de lealdade guiando a estratégia a partir das preferências do consumidor.

Já foi o tempo em que o varejo conseguia reter clientes com brindes padronizados sem qualquer tipo de avaliação sobre sua relevância para o cliente. Hoje as empresas precisam conhecer a fundo o consumidor, bem como seu comportamento e suas preferências, para gerar engajamento e verdadeira lealdade à marca, não apenas inscritos em um programa de fidelidade.

Carlos André, Administradores.com